lição de casa

Você tampa a panela,
dobra o avental,
deixa a lágrima secar no arame do varal.
Fecha a agenda,
adia o problema,
atrasa a encomenda,
guarda insucessos no fundo da gaveta.
A idéia é tirar a tarja preta
e pôr o dedo onde se tem medo.
Você vai perceber
que a gente é que faz o monstro crescer.
Em seguida superar o obstáculo,
pois pode-se estar perdendo
um espetáculo acontecendo do outro lado.
Atravessar o escuro
até conseguir tatear o muro,
que é o limite da claridade.
Se tiver capacidade para conquistá-la,
tente retê-la o mais que puder.
Há que ter habilidade, sem esquecer
que a luz é mulher.
Do inferno assim desmascarado,
é hora de voltar.
Não importa se é caminho complicado,
se a curva é reta,
ou se a reta entorta.
Você buscou seu brilho, voltou completa;
jogou a tranca fora, abriu a porta.

Flora Figueiredo
Amor a céu aberto, Editora Nova Fronteira, 1992 – Rio de Janeiro, Brasil

Anúncios

9 comentários sobre “lição de casa

  1. Estimada Adriana, muito bom dia!
    Esta poesia é uma verdadeira terapia, e pode ser compreendida apenas para quem tem olhos para ler e ver com a alma, pois foi com esta pequena frase que deixei no meu blog esta semana. Gostei profundamente deste poema. Você está de parabéns por sua sensibilidade.
    E para finalizar lembrei de uma receita de garam masala, ótima para todos os sentidos…lá vai: um pouco de coentro, pedaços de canela, cominho em grãos, cravos, sementes de cardamono, folhas de louro e outras especiarias da nossa criatividade e imaginação, toste tudo separadamente em uma frigideira anti adetetne, em fogo baixo, processe tudo até obter um pó bem fino, e esta pronto.
    Saudações … guido lunardini
    http://www.chefguidolunardini.blogspot.com

      • Estou sempre por aqui, recebo sua newsletter e não perco nadinha! O poema da Flor é lindo, lindo, de uma sensibilidade incrível. Grata por sempre publicar textos que nos tocam, além das deliciosas receitas. O que me traz aos blogs é sempre o amor à comida, mas em seu blog me surpreendo gostando das palavras tanto quanto das receitas, ambas nos alimentando! Parabéns mais uma vez.

  2. Adriana, venho feliz te dizer que enfim consegui fazer meu blog! Amaria receber uma visita sua por lá!! Ainda está se estruturando, mas já comecei com dois posts, e espero mesmo conseguir construir algo tão belo como o seu. Não poderia deixar de vir aqui e te fazer o convite, mas ainda mais, agradecer pela inspiração. Beijos de luz, Lu Dietze.
    http://cancaodosal.wordpress.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s