vende-se chup-chup

Moedinhas na mão e uma fuga estratégica para casa de dona Amélia. Lá era possível encontrar uma delícia refrescante, o chup-chup, que fazia a alegria da criançada da rua.
Nem as mãos manchadas de vermelho de dona Amélia e muito menos as insistentes advertências de nossas mães em relação aos poucos cuidados com a higiene na preparação da iguaria eram capazes de nos fazer afastar dos chup-chups.
Sim, refestelávamos. E sem cerimônia!
Sentadas na calçada, os sabores coloridos de roxo, vermelho e laranja eram apreciados por horas a fio. O saudoso Ki-suco era responsável pela variedade que alvoroçava nosso paladar infantil.

Anúncios

11 comentários sobre “vende-se chup-chup

  1. Sabes que também gosto muito de chupa-chupas (avia uns em forma de cone e com um papelinho à volta que eram uma tentação, a minha mãe também não era muito adepta da compra por causa das condições de higiene.
    Beijinho

  2. Nossa!

    Que nostalgia você provocou em mim Adriana! Não sei aí em São Paulo, mas nos bairros populares aqui de Belo Horizonte ainda é possível encontrar essas plaquinhas de “Vende-se chup-chup” penduradas nos portões das casas…
    Na minha época havia um sabor delicioso com um nome nada apetitoso para uma delícia gelada: creme-de-ovos. rs

    Bela essa capacidade de despertar lembranças tão caras da minha infância!
    Abraços!
    Fouad Talal

    • Oi, Fouad! Aqui em São Paulo, pelo menos onde circulo, nunca vi essas plaquinhas. Em Beagá realmente ainda conseguimos ver em alguns lugares… minha sobrinha sempre compra, mas perto da casa dela vende nas padarias… é feito por uma indústria… até provei… e apesar das cores chamativas (azul celeste..rs…) o gosto e o prazer não é o mesmo. Ontem ela me mostrou um algodão doce… que também colocaram em uma embalagem.. tipo um copo grande, bem acondicionado e higienizado…Novos tempos. Abraços, Adriana.

  3. Nossa !!! é oque posso dizer do seu site e de como vc escreve e descreve as coisas , esta lendo a sua memoria do chup chup…sou de Fortaleza no maravilhoso Ceara , e vc puxou do fundo da memoria da infancia a maravilhosa lembrancas das correrias que fazia quando ganhava uns trocados do pai , era dire to mpra comprar o que em Fortaleza se chama de DIn-Din e o de nescau e coco queimado era um sucesso…ohh…que lembraca!! saudosa…hoje moro fora do país o que tornar essas lembrancas mais doces…gostaria que meus filhos tivessem a oportunidade de provar das coisas que uma infancia no BRasil tem de gostoso…entao decidi enconmendar a uma amiga os saquinhos pra fazer o famoso ” din-din”..”chup-chup ” , “sacole” seja como se chama ..uma das maravilhas da infancia…Parabéns pelo seu site..que a partir de hoje vou acompanhar de perto

    • Gerlandia, cada lugar um nome, mas o prazer e a nostalgia é a mesma… Que bacana ter encomendado os saquinhos para que seus filhos vivenciassem essa experiência. Espero que eles tenham gostado. Fiquei muito feliz por ter gostado das minhas receitas e letras. Volte, sim! Adorei você ter compartilhado suas memórias também. Abraços, Adriana.

  4. ola boa tardeu ,meu nome e renata e a pouco comecei a vender chup-chup-,sou do sul de minas e faço varios sabores de leite e claro,eu tambem adoro e vende bastante.

  5. Dri, eu AMAVA chup-chup também! Adorava comprar, mas fazer era ainda melhor! Sempre tinha um estoque de saquinhos e sucos em pó! Além dos laranjados, roxos, vermelhos e amarelos, gostava também de fazer de leite com açúcar e de limonada natural. Hum!!! As primas achavam o máximo, e minha mãe dava o maior incentivo, exatamente por ficar tranquila quanto à higiene. Mas tem um caso bem legal e super atual : naquele lugar que amo, que fica perto de Itabira e já comentei com vc, tem um menino chamado Otávio, de uns 10 anos, que vende chup-chup para todos os meninos da vila onde mora, uma vila pequena, com no máximo 30 casas. MAs vc acredita que ele já comprou um vídeo-game usado com os rendimentos?! rsrsrs, achei o máximo!! Depois da aula é uma meninada daquelas… todos chupando um saquinho colorido à caminho de casa, alguns em cima de cavalos, lindo se ver!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s