antepasto da amizade

DSC_1660

ingredientes

antepasto

500g Berinjela
250g Cebola
370g Pimentão vermelho
30g Alho
150g Azeite extra virgem
30g Oregano seco
3 folhas Louro seco
1/2 maço Salsinha
200g Vinagre de maça
Sal a gosto

acompanhamento

pão italiano
flor de sal mediterrânica

jeito de fazer na Bimby

  • Com a faca, pique a berinjela em pedaços de mais ou menos 5 cm. Coloque na Bimby e programe 4 seg/vel 4 a 5. Retire e reseve.
  • Com a faca, pique os pimentões em tiras grossas. Coloque no copo da Bimby e programe 3 seg/vel 5. Retire e reserve.
  • No copo coloque 800g de água. Coloque a berinjela, os pimentões e o Louro seco no acessório Varoma. Programe 23 Min/Varoma/Vel.1
  • Retire a mistura de berinjela e pimentão e coloque em uma travessa, retire o louro.
  • Adicione a salsinha picada, o oregano e acerte o sal.
  • Retire a água do copo e coloque a cebola e o alho com 40g de azeite. Programe 4 Seg./Vel.5.
  • Agora, para refogar programe 7 Min/Varoma/Vel.1
  • Adicione o vinagre e programe 2 Min/Varoma/Vel. colher
  • Na travessa, junte o azeite, o alho e a cebola refogada.
  • Adicione o restante do azeite (100 ml). Coloque o oregano, misture e tempere a gosto
  • Coloque pequenas porções em cima de pão italiano e finalize com flor de sal

jeito de fazer tradicional

  • Corte a cebola, o pimentão e o alho em pequeninos pedaços
  • Frite o alho no azeite. Acrescente a cebola e o pimentão. Refogue
  • Acrescente a berinjela, as folhas de Louro e tempere com o oregano e sal
  • Refogue por vinte minutos em fogo médio, mexendo sempre.
  • Acrescente a salsinha picada e o vinagre deixando evaporar por cinco minutos
  • Ajuste os temperos e retire as folha de louro.
  • Coloque pequenas porções em cima de pão italiano e finalize com flor de sal

A receita é da mãe de uma amiga, apenas dei um toque com uma flor de sal  que é pura poesia. Chegou de longe, pelas mãos de Helena. Foi trazida a pedido de Susana, uma pessoa muito especial, que apesar de nunca termos falado pessoalmente nutro admiração e identificação pela forma com que lida com a comida, com as palavras e com os seus registros sempre tão afetivos.