brownie tropical para celebrar

DSC_2382ingredientes

brownie
1/3 de xícara de manteiga sem sal
350 g de chocolate meio amargo picado
6 ovos batidos
2 xícaras de farinha de trigo
2 1/4 xícara de açúcar mascavo
120g de chocolate branco
100g de macadâmia

calda de açúcar (syrop)
120g de água
140g de açúcar cristal

mousse de chocolate
4 gemas ou 70g de gemas
110g de calda de açúcar (syrop)
300g de chocolate meio amargo
500g de creme de leite fresco

recheio
Geleia de maracujá veja a receita aqui

jeito de fazer

brownie

  • Pré-aqueça o forno em 180 oC
  • Em uma tigela refratária, leve ao fogo, em banho-maria, a manteiga e o chocolate, mexendo, até derreter. Retire do fogo e reserve para esfriar Adicione essa mistura  aos ovos batidos e mexa até a massa ficar homogênea.
  • Adicione a farinha e o açúcar e bata ligeiramente. Coloque o papel manteiga em  aros de 15 cm de diâmetro e unte com  manteiga e farinha o aro.  Despeje a massa até 1/3 do aro. Acrescente chocolate branco em pequenos pedaços e a macadâmia picada grosseiramente.
  • Despeje um pouco de massa de bolo em cima para que o chocolate branco não queime, apenas caramelize.  Leve ao forno moderado (180 oC) por 20 minutos ou até ficar firme.
  • Retire do forno, deixe amornar e desenforme sobre uma tábua grande,  retirando o papel manteiga para facilitar o processo . Reserve.

calda de açúcar (syrop)

  • Em panela, coloque todos os ingredientes e mexa até ficar homogêneo.
  • Leve a panela ao fogo médio até calda atingir cor de champagne. Não é necessário mexer durante o processo.

mousse

  • Bata o creme de leite fresco gelado em ponto de chantily e reserve.
  • No microndas, derreta o chocolate e aguarde até ficar morno.
  • Na batedeira, bata  a gema até ficar esbranquiçada. Adicione a calda de açúcar fermente ( syrop) . Continue batendo até esfriar e alcançar um ponto bem estruturado e firme.
  • Retire da batedeira e acrescentar o chocolate reservado,  misture com a uma espátula de baixo para cima delicadamente.
  • Por ultimo, acrescente o creme de leite e mexa vagarosamente.

montagem

  • Coloque o brownie  ao contrário em um prato que irá servir para aproveitar a parte mais nivelada para confeitar.
  • Coloque mais ou menos 6 colheres de geleia de maracujá sob o brownie e espalhe.
  • Arrume o saco de confeitar com bico redondo, coloque a mousse e confeite do jeito jeito que preferir.
  • Convide os amigos para se sentarem à mesa e celebre a vida.

batata gratinada pra lembrar

DSC_2379

rende 6 porções

ingredientes

5 batatas grandes
1 espiga de milho
1 peito de frango em cubinhos
2 caixinhas de creme de leite
3 colheres de manteiga
100g de mussarela
100g de parmesão ralado grosso
1 cebola pequena
Sal a gosto
Manteiga para refogar
Manjericão até o cheiro te conquistar

jeito de fazer

  • Corte as batatas em rodelas não muito finas, cozinhe com sal e as raspas de laranja. Reserve.
  • Cozinhe o milho, retire da espiga e reserve.
  • Rale a cebola e doure na manteiga. Acrescente o frango e tempere com sal. Deixe no fogo até ficar dourado.
  • Misture o leite com o creme de leite, o milho verde, o manjericão e o sal, não se esquecendo que as batatas já estão temperadas. Leve ao fogo até ferver, acrescente o frango. Reserve.
  • Logo em seguida, monte em um travessa média, camadas de batata, molho com frango e mussarela. Encerre com molho de frango e ao final salpique parmesão ralado.
  • Leve para dourar, mais ou menos 20 a 25 minutos, dependendo do forno.
  • Retire do fogo e finalize com maçarico.
  • Sirva sorrindo ao seu amor. Não tem erro, mais tarde ele vai chamar pelo seu nome enquanto dorme.

aos bocados

Porque todos os dias são princípio, fui em busca. Encontrei uma voz boa de ouvir. Não tinha cor, altura. Só a voz. Ela me alcançou em meio a risinhos que me faziam sentir simpática, até inteligente. Prefiro pensar  as duas coisas.

Na hora marcada estava eu lá. Curiosa para ver a voz tomar corpo. E tomou corpo, chocolate e café com letras. De tão bom,  lambuzou-se.

Sabia o que me esperava, tive medo e num impulso tentei recuar. Tarde demais. As incertezas dissiparam-se, não houve questionamento, resistência. Só duas almas.

Mudei apenas com roupas de vestir. Encontrei casa feita. Móveis antigos, pretos, torneados, uma cristaleira majestosa, um fogão sem serventia, panelas, colchas, toalhas de mesa, rendinhas que não acabavam mais. Não recusei, aceitei sem soberba. Tudo começa em algum lugar. Não tive dúvidas, encomendei cama e fogão novo.

Juntos lavamos roupas à mão, tomamos chá das cinco e banho frio. Para começar vida realmente nova ajudei a remexer e limpar memórias que  de tão bonitas doíam os olhos. Estes ganhavam feição de tempestade a cada lembrança revirada.

Envolto a saudades frescas, de mãe e pais que nunca mais voltariam, o amor foi sendo polido com doses de esperança, brigas e entrega. Criou raízes. Dava para ver ao olhar um canteiro de beijos coloridos de vermelho, rosa e branco, cuidado diariamente. Maneira encontrada para cumprir um ritual de casamento.

Depois de tudo, bato clara em neve à mão. Sinto saudade de notar a chegada das seis ouvindo Ave Maria e gosto quando ele diz que tenho cheiro de bolo, Sinto-me sensual.

Quando dei por mim uma certeza se apoderou: é amor. Aconteceu.  É sagrado. Na ocasião, chorei gotas de manjericão, carinho e margarida imperial .

Eu acreditei, ele acreditou. Nós acreditamos. Conjugação feita. Decidida, vou  buscar a cristaleira majestosa quando montar casa nova. O lugar vai ser outro, mas o espaço e o amor, esses serão mantidos, não abrimos mão.

bolo de abacaxi da carol

934898_383647798412205_2109484626_n

foto: Carol Gabarra

ingredientes

massa
3 ovos
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha
1 xícara de leite fervendo
1 colher de fermento em pó
cobertura e recheio
1 xícara de açúcar cristal
1 abacaxi grande
1 xícara de água
1 pacote de coco ralado pequeno

jeito de fazer

  • Higienize, descasque e pique o abacaxi em pequenos pedaços. Descarte o miolo.
  • Em uma panela, coloque a água, o abacaxi e o açúcar e deixe no fogo até o perfume de abacaxi invadir a casa. Retire do fogo e reserve.
  • Bata os ingredientes da massa à mão.
  • Coloque em uma assadeira retangular e leve ao forno.
  • Depois que o bolo esfriar, desenforme, corte ao meio e faça vários furinhos com o garfo e regue com leite e leite de coco.
  • Coloque o doce de abacaxi no recheio e em cima do bolo.
  • Ao fina,l salpique coco ralado.

A cozinha tem o poder mágico de unir pessoas à mesa e alimentar afeto. Esse bolo foi feito pela minha sobrinha e inspirado neste Bolo de Abacaxi que é uma marca afetiva em todos lá de casa… E se depender da Carol essas memórias serão perpetuadas!

os meus novos rumos

Beijinho Surpresa 2

Escolhi trabalhar com gente. Fiz psicologia e especialização em gestão de pessoas. Desde sempre, acreditei na importância do olhar do psicólogo nas empresas, não só pelo acolhimento, mas também por sua atuação estratégica no desenvolvimento das pessoas e organizações.

Durante todos esses anos, tive como pilar o entendimento que os objetivos de cada empresa e pessoa são únicos, e por isso, sempre mereceram atenção individual em cada projeto que coloquei as mãos, a cabeça e o coração.

Essa forma de trabalhar aproximou-me da literatura, cinema, gastronomia e até do futebol, na busca por experiências de desenvolvimento e aprendizado que permitissem enxergar a gestão por um novo ângulo, estabelecendo uma conexão prática entre conceitos da arte e o cotidiano corporativo.

Em várias situações fiquei frustrada por não conseguir imprimir minhas crenças em alguns lugares onde trabalhei. Na maior parte do tempo, consegui resultados incríveis, e por inúmeras vezes, me emocionei ao ver os olhos das pessoas brillharem ao desenvolverem uma competência ou finalizarem um projeto bacana. Saber que de alguma forma eu também era parte disso, realmente, fazia tudo valer muito a pena.

Lado a lado com o trabalho de desenvolvimento de pessoas fui cultivando um prazer: escrever e cozinhar. Foi assim que nasceu o blog Sabor com Letras, um espaço sem compromisso, regido apenas por uma vontade de compartilhar letras e receitas afetivas com o mundo.  Conheci muita gente especial e várias delas fazem parte da minha vida.

Cada vez mais encantada por este este universo, os meus olhos brilhavam toda vez que participava de projetos de desenvolvimento de pessoas e negócios em empresas de alimentação. Foi em uma dessas oportunidades que conheci a Chef Silvana. Depois de um tempo idealizamos a implementação de uma doçaria afetiva. E assim… nasceu a Anacravo, de um encontro entre anas, Adriana e Silvana.

Muito além da coincidência da terminação dos nomes há uma vontade comum em criar um modelo de negócio que privilegie não só o gosto dos doces, mas também uma gestão empreendedora moldada com o coração, posicionamento estratégico e criatividade, capaz de inspirar o mundo a saborear a vida com mais delicadeza.

A Anacravo é uma doçaria que busca resgatar o paladar dos doces de infância que faz parte do imaginário afetivo da maior parte das pessoas. A forma escolhida para se alcançar esse desafio é a produção de um doce que é pura expressão de sentimento, Beijo doce, Beijo de coco, Beijinho.

Neste novo desafio, serei responsável pela gestão de negócios  e vou conseguir juntar tudo que gosto em uma só receita.

Divido com vocês esse importante passo na minha vida profissional e pessoal.

Beijocas,

Adriana Elise

www.anacravo.com.br